Portal do Governo do Estado do Piauí
Quarta, 23 de abril de 2014.

03/08/2012 18:13

Governo concede aumento para mais de 7 mil servidores

Aumento foi autorizado pelo governador Wilson Martins e vai beneficiar cerca de 7 mil servidores.

Isabel Cardoso

O governador Wilson Martins autorizou o aumento de 5% dos salários dos servidores públicos estaduais, a partir de agosto, beneficiando um total de 7 mil servidores.

Segundo o secretário da Administração, Paulo Ivan, o aumento está acima de qualquer índice de medição da inflação. É um aumento que não só repõe as perdas, mas gera ganho real aos servidores.

O secretário informou que o reajuste contempla os servidores que ainda não receberam aumento neste ano. Portanto, as categorias que têm aumento salarial diferenciado, como policiais civis, agentes penitenciários, engenheiros, arquitetos e geólogos, policiais militares, profissionais de saúde, professores e Uespi já receberam reajuste bem acima das metas de inflação, como é o caso dos policiais militares que têm reajuste assegurado até 2015.

Essas categorias contempladas com reajustes diferenciados representam mais de 80% dos servidores públicos estaduais, que já receberam reajuste bem acima da média, como por exemplo, os professores que receberam reajuste salarial de 22%, neste ano.

A orientação do Governo do Estado é que o servidor público tenha aumento acima da inflação e para isso vem trabalhando para garantir melhores condições de trabalho aos funcionários.

Servidores da Uespi têm aumento de 10%
No caso da Universidade Estadual do Piauí, foi garantido em acordo um reajuste até 2014. O governador já autorizou um aumento acima da média dos servidores em geral para os trabalhadores da uniersidade nos anos de 2012, 2013 e 2014. “Para a UESPI, a proposta é de aumento geral, mais 5% em 2012, 2013 e 2014.  Logo, agora em agosto, o aumento será de 10%”, explica Paulo Ivan.

Além de garantir reajuste dos servidores da Universidade Estadual do Piauí, o governador Wilson Martins tem trabalhado no sentido de fortalecer o ensino superior, com a contratação de professores efetivos e mais servidores, inauguração de laboratórios, reformas, aquisição de equipamentos e acervo para biblioteca.