20 Abril, 2017 16:44

Emgerpi discute questões trabalhistas no TRT-PI com Sinepupi e Sintepi

Encontro foi realizado a pedido do desembargador do TRT/PI, Manoel Edilson Cardoso, para tratar sobre questões trabalhistas.

Adriana Carvalho
Reunião na Emgerpi (Adriana Carvalho)

O diretor-presidente da Empresa de Gestão de Recursos do Estado do Piauí (Emgerpi), Ricardo Pontes participou, nesta quinta-feira (20), de uma reunião no Tribunal Regional do Trabalho da 22ª Região – Piauí (TRT/PI), com representantes do Sindicato dos Empregados Públicos do Estado do Piauí (Sinepupi) e do Sindicato dos Trabalhadores Industriais Urbanos do Estado do Piauí (Sintepi). Segundo Pontes, o encontro foi realizado a pedido do desembargador do TRT/PI, Manoel Edilson Cardoso, para tratar sobre questões trabalhistas.

Ricardo Pontes disse que o primeiro tema discutido na reunião foram as questões dos precatórios para os servidores representados por ambos sindicatos. A respeito disso, o gestor falou que está aguardando a publicação do acórdão do Supremo Tribunal Federal (STF).

“Após essa publicação voltaremos a sentar com o TRT-PI, com membros dos sindicatos e a Secretaria de Fazenda do Estado do Piauí (Sefaz) para debater como será feito o cronograma de liberação e pagamento desses precatórios”.

O presidente da Emgerpi disse que a criação de uma unicidade sindical foi o segundo assunto tratado na reunião. “Solicitamos que a Justiça do Trabalho determine a criação de uma única direção sindical pois, desta forma, ficará mais fácil realizar as negociações, como por exemplo, estabelecer única data base e também único plano de cargos e salários para esses empregados”, disse Ricardo Pontes, afirmando que atualmente a Emgerpi está negociando com cinco direções sindicais.

Participaram do encontro representantes e assessores jurídicos do Sintepí, do Sinepupi e da Emgerpi.     

Autor: Adriana Carvalho
Tags: